Tuberculose: Sintomas, dúvidas comuns e tratamento

Especialista tira as principais dúvidas sobre a condição

Especialista tira as principais dúvidas sobre a condição de Tuberculose

Tuberculose
Tuberculose

1. O que é tuberculose?

Tuberculose é uma doença infecciosa e contagiosa causada por uma bactéria que acomete mais frequentemente os pulmões, mas também pode se alojar em outros órgãos como pele, rins e cérebro.

A tuberculose ainda é um sério problema de saúde mundial, sendo a principal causa de morte.

Atualmente, 1/3 da população mundial está infectada pelo bacilo da tuberculose.

O Brasil é o 16º país em número de casos e, apesar de vir diminuindo nos últimos dez anos, estima-se que ainda sejam diagnosticados 90 mil novos doentes por ano.

2. Qual é a sua causa?

O principal causador é a Mycobacterium tuberculosis, também chamado de Bacilo de Koch (BK). Entretanto, outras espécies de microbactérias podem causar tuberculose e são chamadas de atípicas ou não tuberculosas.

3. Quais são os sintomas dessa doença?

Na maioria das pessoas com infecção, os sinais e sintomas mais frequentemente descritos são: tosse seca contínua no início, depois com presença de secreção por mais de quatro semanas, podendo se transformar em uma tosse com pus ou sangue, cansaço excessivo, febre baixa geralmente à tarde, sudorese noturna, falta de apetite, palidez, emagrecimento, fraqueza e prostração.

Alguns pacientes podem ter contato com a bactéria e não desenvolverem a doença ativa, eliminando o bacilo para fora do organismo ou deixando-o inerte em algum órgão.

Tuberculose
Tuberculose

Neste último caso, considera-se que a pessoa é portadora da forma latente da doença e a ausência de sintomas pode persistir por vários anos.

4. Como se transmite essa doença?

A bactéria é disseminada pelo ar, estando presente em gotículas de saliva expelidas com a tosse e espirros de pessoas com a doença ativa. Toda pessoa que inala estas partículas é denominado de contactante.

Como explicado anteriormente, algumas pessoas eliminam a bactéria e outras evoluem para a forma latente, que não tem risco de transmitir a doença.

5. Há algum grupo de risco para a tuberculose?

A tuberculose tem relação direta com a pobreza, má alimentação, falta de higiene, tabagismo e alcoolismo. Além destes, qualquer outro fator que gere baixa resistência orgânica favorece o estabelecimento da doença ativa. Neste contexto, com a epidemia da AIDS houve um aumento significativo no número de casos de tuberculose.

6. Como se prevenir da tuberculose?

No Brasil uma das principais medidas de prevenção das formas graves da tuberculose é a aplicação da vacina BCG nos recém-nascidos. Em relação aos adultos, deve-se evitar na medida do possível aglomerações, especialmente em ambientes fechados, e também não utilizar objetos de pessoas com a doença ativa.

7. Como é feito o tratamento?

O tratamento consiste no uso de antibióticos cujo índice de cura é praticamente 100%. Entretanto, a doença deve ser diagnosticada o mais precocemente possível para evitar maiores acometimentos. Além disso, uma vez feito o diagnóstico, os medicamentos devem ser usados obrigatoriamente por seis meses.

8. Quais os maiores riscos relacionados ?

O maior problema de saúde relacionado à tuberculose é o abandono precoce do tratamento. Como consequência, há uma predisposição para o aparecimento de bactérias resistentes aos antibióticos.

Neste sentido, é de grande importância um correto esclarecimento da doença ao paciente e o seu acompanhamento por equipes com médico, enfermeiros, assistentes sociais e visitadores treinados.

Estes profissionais compõem o tratamento supervisionado, um alicerce essencial para aumentarmos a taxa de cura em nosso País.

Sintomas da tuberculose

Sintomas da tuberculose
Sintomas da tuberculose

Dr. André Albuquerque

Pneumologista do Núcleo Avançado do Tórax do Hospital Sírio Libanês

 

Escrito por Portalpower

É pai de família, full stack na vida, gamer, apaixonado por tecnologia, gosta de silêncio e brownie com café ou Coca-Cola.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.