Retinoblastoma – Sintomas, Tratamentos e Especialistas

Saiba tudo sobre Retinoblastoma , seus sintomas, tratamentos e especialistas da doença

Saiba tudo sobre Retinoblastoma , seus sintomas, tratamentos e especialistas da doença

Retinoblastoma

retinoblastoma é um tipo raro de câncer ocular, mais comum em crianças e responde por 3% dos cânceres infantis, chegando a cerca de 400 casos por ano. Entre 60% e 75% dos casos de retinoblastoma são esporádicos, isto é, uma célula sofre mutação e passa a se multiplicar descontroladamente.

Sintomas da Retinoblastoma

Requer um diagnóstico médico

A princípio, o retinoblastoma apresenta pouco ou nenhum sintoma. Pode ser percebido quando uma pupila fica branca no contato da luz com o olho, às vezes na fotografia com flash. Os olhos podem parecem estar olhando para direções diferentes.
Em alguns casos não apresenta sintomas, mas as pessoas podem ter:

Nos olhos: pupila branca, olho preguiçoso, movimento involuntário rápido ou vermelhidão

Também é comum: visão embaçada

Diagnóstico:

Todo bebê deve fazer o Teste do Olhinho após o nascimento e repeti-lo com frequência até os 5 anos, faixa etária mais atingida pelo retinoblastoma. O exame é disponibilizado pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Existem três tipos de retinoblastoma:

– unilateral: afeta um olho e representa entre 60% e 75% dos casos. Destes, 85% são da forma esporádica da doença, e os demais são casos hereditários.;
– bilateral: afeta os dois olhos, quase sempre é hereditário e costuma ser diagnosticado bem mais cedo que o unilateral;
– PNET (tumor neuroectodérmico primitivo) ou retinoblastoma trilateral: ocorre quando um tumor associado se forma nas células nervosas primitivas do cérebro. Esse tipo só atinge crianças com retinoblastoma hereditário bilateral.

O tratamento depende do estágio da doença

Os tratamentos incluem quimioterapia, radioterapia e terapia a laser.

Procedimento médico

Congelamento

Tratamentos
Na crioterapia, o médico utiliza uma pequena sonda de metal refrigerada a temperaturas muito baixas, destruindo as células do retinoblastoma por congelamento. Esta técnica só é eficaz para tumores pequenos localizados na parte anterior do olho, não sendo utilizada rotineiramente em crianças com vários tumores.

Radioterapia com placas

Medicamentos
placa é inserida no globo ocular com pontos minúsculos, durante uma cirurgia e, posteriormente, é retirada numa segunda cirurgia alguns dias depois. Ambos os procedimentos são realizados com a criança sob anestesia geral e ela, normalmente, permanece no hospital durante o tempo entre as duas cirurgias.

Quimioterapia

Cirurgia
Quimioterapia é um tratamento que utiliza medicamentos para destruir as células doentes que formam um tumor. Estes medicamentos se misturam com o sangue e são levados a todas as partes do corpo, destruindo as células doentes que estão formando o tumor e impedindo, também, que elas se espalhem pelo corpo.

Fotocoagulação a laser e Enucleação do olho

Cuidados médicos
O que é a fotocoagulação?
O que é: Procedimento que envolve a aplicação de luz especial nas estruturas intraoculares selecionadas pelo médico e que trata doenças como tumores ou dos vasos sanguíneos.
O que é uma cirurgia de enucleação?
Enucleação. Remoção de todo o globo ocular. É realizada para melanomas maiores, mas também pode ser feita em alguns melanomas menores sem outras opções de tratamento. Durante a mesma cirurgia, um implante orbital é geralmente colocado no lugar do globo ocular.
Terapia intensiva de suporte
Dispositivos
Geralmente, o tratamento inclui uma combinação de quimioterapia e tratamentos focais. Se a quimioterapia sistêmica é realizada, é administrada por cerca de seis meses para diminuir o tumor, tanto quanto possível.
Olho artificial
Nesse procedimento, geralmente, um implante orbital feito de silicone ou hidroxiapatita, uma substância semelhante ao osso, é colocado na cavidade ocular. Ele é ligado aos músculos que moviam o olho, de modo que deve se mover da mesma maneira que o olho natural.

Especialistas

Oftalmologista

Especialista em doenças oftalmológicas.

Hematologista/oncologista pediátrico

Trata distúrbios do sangue e câncer em crianças.

Pediatra

Fornece atendimento médico para bebês, crianças e adolescentes.

Oncologista

Especialista em câncer.

Clínico geral

Previne, diagnostica e trata doenças.

Médico geneticista

Diagnostica e trata distúrbios hereditários.

Escrito por Portalpower

É pai de família, full stack na vida, gamer, apaixonado por tecnologia, gosta de silêncio e brownie com café ou Coca-Cola.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.